Assista ao nosso hangout que dá dicas de como trabalhar o Instagram de sua marca

Nesse hangout, veja dicas de como otimizar a presença de sua marca no Instagram:

1. Dados que comprovam a efetividade da rede

2. Dicas de como trabalhar sua marca no Instagram

3. Erros que seu perfil não pode cometer nessa rede

4. Saiba quais são as formas de coleta de Instagram através de ferramentas de monitoramento

5. Veja como configurar sua coleta no zMonitor

Assista o hangout e baixe o material explicativo!

 

 

bussiness-unit

Businessfriend – Uma nova rede social voltada para negócios

O  vem como a promessa de ser uma nova maneira de fazer negócios. A rede social foi criada para ajudar as pessoas a colaborar com seus colegas e marcas favoritas.

O Businessfriend segue um conceito de comunicação one-stop que permite ao usuário executar variados assuntos de negócios em uma única plataforma, com interface simples e atraente, o que permite conectar e compartilhar social e profissionalmente de uma forma totalmente nova.

As principais características da rede incluem: vídeo, chat, mensagens instantâneas e chamadas Volp gratuitas; até 2 Gb de armazenamento gratuito em nuvem; sistema de gestão DigidexTM; download e compartilhamento de documentos; alimentação sociais, conectividade com colegas sem compartilhar informações pessoais e privadas, entre outras facilidades.

O fundador e CEO Glen White descreve a lógica por trás da nova rede social: “Em um único dia, um típico jovem profissional pode ter até cinco plataformas abertas para se conectar. Oferecemos um fórum completo que permite a conectividade constante para comunicações empresariais ideais. Um aplicativo móvel, um desktop, qualquer dispositivo – não há mais aplicativos de malabarismo “.

Será uma boa alternativa para deixar o Linkedin e outros aplicativos sociais de lado? Compartilhe conosco sua opinião sobre o novo app!

Fonte: Business Review Brasil, ed. 03/2015.

 

 

 

 

6 dicas para melhorar a presença da sua empresa na internet e nas redes sociais

O número de pessoas que fazem isso por meio de dispositivos móveis é crescente. Isso significa que você precisa modificar seu site para torná-lo mais cativante para os visitantes.

É preciso que ele se torne uma ferramenta de marketing mais eficiente. O site da Inc. consultou Adam Moore, cofundador da empresa Spacecraft, uma plataforma de publicação de sites para pequenas empresas, e reuniu seis dicas para você reformular sua página na internet. Confira:

1. Adapte sua página para dispositivos móveis

Seu site precisa se adaptar aos formatos móveis, principalmente de smartphones e tablets. Uma das alternativas é criar uma versão específica para esses aparelhos ou simplesmente refazer o design da página, tornando-a mais amigável para esses dispositivos.

2. Atualize seu site e suas redes sociais com conteúdo de qualidade

Foi-se o tempo dos sites estáticos. Hoje em dia toda empresa precisa atualizar sua página com conteúdo de qualidade para que o visitante continue voltando. Sempre confira se as informações da empresa precisam de alguma modificação e mantenha um blog que ofereça posts regulares sobre temas relacionados com seu negócio. E adote uma plataforma de fácil manuseio para que você possa usá-la sem precisar da ajuda de outra pessoa.

3. Integre seu site com as mídias sociais

Essa não precisava nem falar, não é? O poder de propagação das mídias sociais ajudará muito na sua presença no universo online, além de ser um ótimo canal para atendimento ao consumidor. Conecte o feed de seu perfil no Twitter ou Facebook no próprio site, para que visitantes leiam suas atualizações. Engaje-se com eles por meio dessas ferramentas.

4. Remova funcionalidades que atrapalham

Elimine qualquer coisa que possa dificultar a navegação de um visitante em suas páginas. Se você é um restaurante, não coloque um menu em PDF, o que só dará mais trabalho para o usuário. Tire qualquer função que precise iniciar um aplicativo, isso é terrível para quem acessa o site por um celular. Fuja de qualquer coisa que possa espantar um visitante.

5. Atenha-se à simplicidade

Faça um layout que facilite a navegação do seu usuário. Ele está ali atrás de algo, então torne a navegação intuitiva. Trabalhe com o webdesigner para tornar a página o mais limpa possível. Em nosso blog existem diversas dicas de quais são os tamanhos mais adequados para as imagens que deverão ser utilizadas em cada rede social.

6. Fique no comando

Se você for trabalhar com profissionais terceirizados, lembre-se de criar uma estrutura que você possa controlar no caso de vocês se separarem. Se o conteúdo é que é terceirizado, tenha a certeza de que você tem direitos sobre ele, caso o relacionamento se desfaça. O zMonitor possui um fluxo de aprovação de conteúdo que pode ajudar no gerenciamento de seu conteúdo.

Fonte: Revistas Pequenas Empresas & Grandes Negócios

 

8 dicas de como criar um perfil de Instagram vencedor

Quer atrair mais a atenção de seus fãs e seguidores?

Já considerou o Instagram como uma ferramenta-chave de marketing?

Se sua marca não está no Instagram, é hora de começar.

O Instagram tem 75 milhões de usuários diários e oferece múltiplas oportunidades para que você atinja seu público- alvo.

A seguir, serão listadas 8 dicas de como criar um perfil de Instagram vencedor:

# 1: Use fotos de alta resolução

Fotos de alta resolução estão mais propensas a chamar a atenção de alguém.

Smartphones são bons para ações instantâneas, mas considerE a contratação de um fotógrafo profissional para captar imagens HD de seus produtos .

# 2: Facilite a compra para seus fãs

Parte da razão pela qual as pessoas seguem sua empresa no Instagram é que elas gostam de seus produtos e gostariam de saber sobre novos produtos e descontos.

Inclua um link na descrição da imagem para tornar fácil para os fãs comprar o seu produto.

# 3: Seja discreto nas vendas

Não é nenhum segredo que seu objetivo final é uma venda, mas você não precisa ser óbvio. Use suas fotos para contar uma história que ressoe com seus seguidores e sutilmente apresente seu produto.

# 4: Crie um vínculo pessoal

Não sinta como se tudo o que você postar precisasse ser uma imagem do produto.

Quanto mais você compartilhar fotos dos bastidores da empresa e interagir com seus fãs, mais eles vão se sentir como parte de sua comunidade empresa. Esse tipo de vínculo é o que cria fãs leais que mais tarde tornam-se evangelizadores da marca.

# 5: Utilize a função “Instagram direct”

A função “Instagram direct” permite que os usuários da rede enviem fotos e vídeo para os outros de forma particular; como uma mensagem direta (DM) no Twitter ou uma mensagem privada (PM) no Facebook. Só você ea  pessoa ou grupo para quem você enviar uma mensagem poderão visualizar o conteúdo.

Desta forma, é possível alcançar seus fãs mais engajados através de uma mensagem pessoal.

Para encontrar os seus fãs mais engajados no Instagram, vá até a aba “Influenciadores” do zMonitor e utilize o filtro por redes, selecionando apenas esta rede específica.

Seus fãs mais ativos são aqueles mais propensos a comprar seus produtos.

# 6: Compartilhe Ofertas e Descontos

Uma das principais razões pelas quais as pessoas seguem marcas em qualquer plataforma é obter informações sobre vendas e descontos.

Sabemos que o marketing boca-a-boca é uma coisa poderosa. Quando seus seguidores obtem descontos exclusivos, contam a seus amigos. E esses amigos são propensos a começar a seguir seus perfis, para obter estes descontos.

# 7: Brindes e Concursos

Brindes e concursos são sempre populares entre os fãs e as marcas. E por que não? Eles geram buzz e benefícios colaterais. Seus fãs têm a oportunidade de ganhar alguma coisa e você tem a oportunidade de atingir um público mais amplo e ganhar novos seguidores.

Mantenha o seu sorteio ou concurso simples, divertido e relacionados com marca. Se ele for muito amplo, você terá fotos irrelevantes de pessoas que não estão interessados ​​em sua marca ou produto.

Você pode criar uma promoção, por exemplo, criar uma promoção na qual os vencedores são aqueles que possuem maio número de likes em suas fotos. Para visualizar, quais foram as fotos mais comentadas ou curtidas em determinado período, por exemplo, vá até o relatório de vibração, do zMonitor, e selecione a rede Instagram.

relatorio de vibracao insta

# 8: Leve o público do Instagram para o seu site

Sabia que você pode transmitir um feed do Instagram no seu site?

Mesmo se você não está realizando um sorteio ou uma promoção, peça aos seus seguidores para compartilhar fotos de si mesmos no Instagram utilizando o seu produto e crie um feed divertido para seu website.

Fonte: http://www.socialmediaexaminer.com/create-winning-instagram-profile/

Se interessou em conhecer o zMonitor?  Vem bater um papo com a gente!

www.zubit.com.br | 011 3478-2427 | contato@zubit.com.br

5 dicas de marketing via Instagram

O Instagram é, possivelmente, a principal plataforma de redes sociais onde as pequenas empresas devem focar sua atenção. As empresas estão vendo uma diminuição drástica no alcance orgânico para seus posts no Facebook, rede que até o último ano vinha sendo de grande utilidade.

E o Instagram é um ótimo lugar a ser pensado como alternativa. É um universo em expansão; no qual existiam 200 milhões de usuários até o final de março de 2014. Além disso, 75 milhões são usuários diários da rede. Aqui estão algumas dicas para transformá-lo em um guru de marketing no Instagram para sua pequena empresa:

1) Crie sua conta

A primeira coisa que você deve fazer quando for criar uma conta é utilizar o nome de sua marca, personalizando seu perfil de acordo com sua empresa. Adicione seu logotipo, digite uma rápida biografia e inclua um link para o seu ” site de negócios ou página do Facebook.

2) Aumente seus seguidores

O próximo passo é conectar a sua conta com a sua conta do Facebook. Isto não só permite que você veja quem dos seus amigos está no Instagram, mas também permite que você faça simultaneamente as postagens de suas suas imagens no Facebook – uma ótima maneira de conduzir o engajamento em ambas as plataformas! Só que no Instagram é como nas outras plataformas sociais: você tem que se envolver. Curta as imagens de outros usuários e deixe comentários.

3) Siga de volta

Você não tem que seguir TODOS os seus seguidores, mas aqueles cujas idéias e interesses se alinhem com o seu negócio são exatamente o tipo de pessoa que você deve seguir. Dessa forma, você pode ficar comprometido com eles e eles, por sua vez, vão se envolver mais com você e seu conteúdo.

4) Não exagere

A coisa mais legal sobre o feed de notícias do Instagram é que ele é bastante descontraído, onde uma imagem pode ser vista em um feed durante até 15 horas. Devido a isso, não é necessário nem mesmo postar diariamente, mas muitas marcas o fazem. A quantidade média de mensagens no Instagram das 100 maiores marcas é de 5,5 vezes por semana.

5) Equilibre suas imagens

O Instagram é uma plataforma de diversão e é uma ótima maneira de compartilhar sua história, mas você tem que lembrar que está lá para envolver-se com os seus clientes. Certifique-se que você tem fotos divertidas que destaquem o seu produto ou negócio. As pessoas gostam de conteúdo visual, o que torna a plataforma ideal para marketing de pequenas empresas. Também é atualmente uma forma completamente livre de comercializar o seu negócio para potencialmente milhões de pessoas. Siga pessoas, envolva-se e você terá um seguimento apaixonado por sua marca antes que possa dizer hashtag.  

Fonte: http://socialmediatoday.com/wss-marketing/2350871/instagram-small-businesses-your-new-best-friend

Se interessou em conhecer o zMonitor?  Vem bater um papo com a gente!

www.zubit.com.br | 011 3478-2427 | contato@zubit.com.br

Onde está a falha em sua estratégia de mídias sociais?

Eu já passei por isso e provavelmente você também. A campanha de mídias sociais está pronta, lindinha, e você está confiante do futuro sucesso de sua estratégia. O problema é que ela não dá certo. Por que?

Fuçando pela internet, achei um artigo da Heidi Cohen sobre as 13  possíveis falhas na estratégia de mídias sociais, e como mudar esse cenário:

Monitoramento.
Isso significa que você pulou de cabeça nas mídias sociais, mas não está realmente prestando atenção no que está sendo dito nelas. As mídias sociais oferecem diversas oportunidades de interação com diversos públicos, e cabe a você implementar uma estratégia de monitoramento que abranja não apenas suas marcas, mas também o universo de atuação de sua empresa
Dica: Comece ouvindo o ecossistema de mídia social. O ideal é usar uma plataforma de monitoramento. No início estabeleça uma presença menor enquanto aprende como se comporta seu mercado online. Os Alertas do Google também são uma boa pedida.

Falta de objetivos específicos
Como acontece com qualquer atividade na empresa, você deve definir objetivos específicos. Quanto mais concreto melhor. “Gerar dez novos leads em três meses” é melhor do que “melhorar as vendas.”:
Dica: Determine metas para sua atividade de mídia social. Elas devem estar alinhadas com as metas de negócio.

Não entender como seus públicos se engajam com as mídias sociais.
Os clientes que usam as mídias sociais para uma variedade de razões, desde manter-se com os membros da família até a coleta de informações, Você sabe em qual grupo seus públicos se encaixam? Quem são e o que esperam das mídias sociais? Mais do que isso, quais mídias eles usam para cada um desses propósitos, e onde você e sua marca se encaixam?
Dica: Crie personas de mídias sociais de seus públicos de interesse para garantir que sua estratégia de mídia social está alinhada com a atividade do seu mercado-alvo.

Nenhum conteúdo além de promocionais.
Postagens promoções em mídias sociais são permitidas, mas com muita sutileza. A mídia social não foi feita para postagens publicitárias de seu site e produtos o tempo todo. Pega mal e o engajamento cai bastante.
Dica: Curadoria! Crie um mix de conteúdos, com texto imagens, pesquisas e o que mais tiver relação com seu universo. A proporção para propagandas deve ser, em média, 1/10.

Branding.
Crie uma personalidade da marca, e mantenha-se fiel a ela. Os comentários e conteúdos  que você postar em seus perfis de mídias sociais devem  incorporar a sua marca para que os participantes possam identificá-lo como seu, sem gastar tempo pensando sobre isso.
Dica: Estender a marca da sua organização para as mídias sociais, apresentar uma marca de 360 ​​° para apoiar os seus esforços de marketing.

Nenhuma formatação especial ou direcionamento no conteúdo que você postar em mídias sociais.
Se o seu conteúdo é difícil de consumir, seja devido à falta de otimização do site para diferentes dispositivos, ou mesmo a linguagem usada,é bem provável que o os usuários fiquem irritados e saiam da página
Dica: Tenha em mente que você deve tornar mais fácil para clientes em potencial para consumir o seu conteúdo, independentemente do dispositivo que esteja usando.

Otimização para pesquisa.
Um dos pontos fortes de incorporar as mídias sociais em seu mix de marketing é melhorar os resultados de  rankings de pesquisa rankings e ao fato de que a mídia social e outros formatos de conteúdo agora aparecem em SERPs (páginas de resultados de pesquisas).
Dica: Certifique-se de seus meios de comunicação sociais são focados em suas principais palavras-chave. Além disso, adicione texto ao seu conteúdo não textual.

Apoio de publicidade.
Estratégias de mídias sociais podem se beneficiar do uso de publicidade de mídia social direcionada. É altamente segmentado e pode produzir resultados surpreendentes.
Dica: Avaliar onde faz sentido adicionar um orçamento publicidade de mídia social.

Envolvimento executivo.
Muitos executivos seniores evitam mídias sociais, principalmente em pequenas empresas, onde cada segundo é extremamente valioso. Se o presidente Obama pode se envolver em mídias sociais, eles também podem.
Dica: Criar oportunidades específicas de interação de seus públicos com o(s) executivo(s) sênior(es). Por exemplo, posts, apresentações no SlideShare, vídeos, podcasts e / ou Google hangouts.

Integração com o resto de seu marketing.
As mídias sociais não são táticas de marketing independentes. Ela requer o apoio de outras mídias e estratégias de seu mix de marketing, além de ajudar a prolongar os resultados d outras estratégias.
Dica: Estabeleça uma lista de elementos, onde as mídias sociais precisam sde suporte do resto de seu marketing, bem como de onde a mídia social pode expandir seu alcance de marketing.

Não há funcionários dedicados.
Se a mídia social não faz parte dado job description de alguém, ela certamente não vai ser trabalhada.
Dica: Certifique-se de que a mídia social é uma parte importante das responsabilidades de alguém. Além disso, crie um conjunto de diretrizes de mídia social para garantir que os funcionários saibam o que podem e não podem fazer em mídias sociais como um colaborador e parte da empresa.

Conteúdo.
As mídias sociais requerem cuidado constante, e um fluxo contínuo de novos conteúdos.
Dica: Criar conteúdo que suporta o processo de compra, como responder às perguntas dos clientes, mostrando aos clientes como utilizar seus produtos, duvidas frequentes, entre outros.

Acompanhar  resultados.
A mídia social produz resultados mensuráveis, acredite ou não. Dito isto, você deve se planejar para o sucesso. Isso significa que você precisa para determinar o que você vai medir e tem uma maneira de controlá-la.
Dica: Incorporar um call-to-action começar a medir resultados.

Que outras falhas você já descobriu em sua estratégia de mídias sociais e o que você fez para corrigi-los?

Você ainda não monitora sua marca? Está na hora de conhecer o zMonitor! Solicite um trial e acompanhe o crescimento e engajamento da sua marca nas redes sociais.

Atualização da área de Influenciadores

A partir de agora ficou bem mais fácil organizar e ordenar os influenciadores da sua marca de acordo com a sua análise!

Ao clicar na área de Influenciadores a página mostra todas as informações necessárias para o seu monitoramento e todos os campos são ordenáveis, assim você pode definir, por exemplo, qual influenciador com maior número de Publicações Positivas e determinar possíveis ações de uma maneira rápida e fácil. Para isso é só clicar na coluna que você quer ordenar.

No exemplo abaixo, a minha lista de Influenciadores está ordenada pelo número de ocorrências, do maior para o menor. A coluna que estiver com a setinha azul é a considerada como base.

Quer conhecer o zMonitor? Faça um trial e experimente a ferramenta de monitoramento social mais completa do mercado!

Monitoramento de Assinaturas no zMonitor

Com o ‘boom’ de novidades, troca de informações e atualizações frequentes precisamos ficar atentos a tudo: sites, blogs, redes sociais, influenciadores e principalmente aos concorrentes. Para isso, existem algumas funcionalidades e até sites especializados que nos ajudam a reunir tantas informações em um local específico, como assinaturas RSS, leitores de Feeds e também os grupos em Redes Sociais.

Mas como filtrar todas essas atualizações no seu monitoramento?

Agora o zMonitor facilita a triagem de assinaturas! Você pode, por exemplo, assinar um RSS e receber apenas ocorrências que contenha determinada palavra ou expressão. Também é possível assinar grupos fechados, usuários específicos e páginas no Facebook, como a dos concorrentes da marca.

A usabilidade dessa nova ferramenta dentro do zMonitor é precisa, intuitiva e nesse post iremos mostrar como configurar para que você receba apenas as informações que realmente deseja.

Para acessar a área de Assinatura, vá ao Menu ‘Configurações’ > Buscas > Assinaturas:


 

Em seguida você vai observar o Painel de Configuração, conforme a imagem a seguir:

Assinatura2

 

Marca: Defina qual marca você deseja inserir nas buscas

Tipo de Assinatura: Aqui você escolhe qual tipo e em qual rede quer monitorar. Cada tipo tem uma configuração, a seguir explicaremos o que é possível definir em cada um.

Perfil ou Página do Facebook: No campo Assinatura, inclua a URL do Perfil ou da Página que você quer monitorar. Em seguida você precisará definir a ORIGEM da busca, que está dividida entre: Publicações do próprio perfil/página ou Publicações do próprio perfil/página + menções de usuários. Em ‘Termos de Busca’ você pode coletar apenas ocorrências que possuem determinado termo ou composição. Deixe o campo vazio para coletar todas as ocorrências.

Se você utilizar o campo Termo de Busca, você terá duas opções:

1) Todas as palavras – trará apenas ocorrências que contenham todas as palavras cadastradas.

2) Qualquer uma das palavras – trará todas as ocorrências que possuem alguma das palavras cadastradas.

– Grupo do Facebook: Optando por um Grupo do Facebook, no Campo Assinatura aparecerão todos os Grupos que estão vinculados à conta do Facebook que foi definida em ‘Conta Assinante’ (ao invés do campo para URL). As demais configurações são as mesmas explicadas acima.

– Grupo do LinkedIn: Com uma conta do LinkedIn vinculada ao zMonitor, você pode adicionar grupos da rede. Basta inserir a URL do grupo que você quiser no campo Assinatura e definir os demais campos de acordo com sua preferência. (Funciona igual aos grupos do Facebook, o usuário precisa selecionar o grupo que ele já faz parte).

– RSS: Insira o link do RSS do site que você quer monitorar e determine as demais configurações.

Após configurar e salvar tudo ~bonitinho~, suas Assinaturas ficarão disponíveis nessa mesma página, com as opções de pausar ou excluir. As assinaturas ficam separadas por Marcas. Conforme exemplo, para Marca que criei “Social Media Grupos” as assinaturas incluídas estão dispostas logo abaixo.

Assinatura3

Construindo lealdade com as mídias sociais

A  lealdade  provoca no ser humano uma forte sensação de familiaridade e empatia,e , na realidade, ela é um dos principais pilares para a construção de relacionamentos bem sucedidos. Relações comerciais entre marca e cliente não são diferentes. Quando um consumidor cria  essa ligação com uma marca ou produto em particular, tendem a permanecer ao longo da vida a defendendo e apoiando, além de (claro) consumir o produto e  promove-lo para os seus amigos e contatos.

Desde a sua criação, as mídias sociais mudaram a forma como as empresas interagem com seus clientes e públicos. Esta nova dinâmica criou uma oportunidade de conexão e construção de relacionamentos entre marcas e clientes. Elas construíram uma nova noção de relacionamento , com um diálogo de duas vias e interagir diretamente com seus públicos e a possibilidade de feedback imediato e real.

Com isso, já não é novidade o vínculo entre as mídias sociais e construção de marca de fidelidade. A comunicação bidirecional permite que as duas entidades aparentemente separadas possam se conectar e construir relações cada vez mais profundas e duradouras. Isto é, se a estratégia social for adequada.

Então, como pode uma empresa construir fidelidade à marca usando as mídias sociais?

Já falamos aqui que as marcas precisam criar uma personalidade, com noções claras de identidade e valores, fugindo do famoso “corporativês”. E onde o cliente entra nisso? Ele faz parte da identidade da marca?

Essas coisas de sentimentos são mesmo complicadas, e ninguém AMA uma marca por nada, assim, só por amar. Esse tipo de ligação, geralmente, é criado com tempo e manutenção. Não só o cliente deve ser leal à marca, mas o oposto também é real. Então as dicas (além da óbvia: crie uma identidade forte e condizente com a realidade da empresa) são:

  • Inclua o cliente dentro de sua personalidade, transforme-o em uma peça central de toda sua estratégia, social ou não.
  • Mantenha-se SEMPRE condizente com a identidade definida: Nas mídias sociais, materiais de marketing, diálogos com diferentes públicos, enfim, não tem porque construir uma personalidade “falsa”, não é mesmo
  • Essa é clichê, mas é real: Ame a marca, e ame também seus clientes. Aproveite e tenha muito orgulho dela. Se você ainda não conseguiu amar a marca, existe algo errado aí, não é mesmo? Ou a identidade definida não condiz com a realidade, ou você ainda não acertou o tom da comunicação. Busque , em cada post de blog,mídias sociais, ou material de comunicação, ficar orgulhoso de si mesmo. Esse orgulho vai transparecer para os públicos, e isso faz toda a diferença. Eu não consigo amar uma empresa na qual os colaboradores não são felizes. Você consegue?

Monitore. Monitore muito. Monitore sempre.

E para fechar essa estratégia com chave de ouro, você precisa estar sempre presente, maaaas você é um, e não mil, e não tem maneira humana possível de buscar manualmente  assuntos nas redes sociais que podem iniciar uma conversação entre você e seus clientes. Para isso monitore.

E não monitore apenas o que falam de sua empresa, pesquise palavras chave relacionadas ao seu negócio.

Quer um exemplo simples e lindinho?

Há certo tempo atrás, publiquei em uma mídia social que tinha queimado a mão fazendo chimarrão. Outch. Imediatamente uma marca de produtos para queimadura entrou em contato comigo, me mostrando não só os locais que eu poderia adquirir o produto, mas também dicas para minha mão queimada.

Preciso falar que, como profissional de marketing, me apaixonei na hora pela marca?

E esse é apenas um exemplo simples. As possibilidades são infinitas. Comente em discussões relativas, ajude-os com suas dúvidas, opine e promova novas discussões.

Fonte:Socialmouths