Uma mente inquieta: Aaron Swartz.

De tempos em tempos, a humanidade se depara com mentes incríveis, ideais inovadores e pessoas que com sua inteligência são capazes de revolucionar pensamentos e contradizer tabus.

Aaron Swartz, criador da rede social Reddit foi definitivamente uma delas. Autodidata em programação, com 14 anos criou o RSS feed, e nos anos seguintes contribuiu para a evolução da internet em um local de compartilhamento de informações. Seu posicionamento era claro e suas ações coerentes com seus ideais. Fundou a Open Library, que disponibiliza mais de 1 milhão de livros gratuitamente, e a Demand Progress, instituição que cria programas de reforma social e civil nos Estados Unidos por meio de campanhas online.

“Informação é poder. Mas, como todo o poder, há aqueles que querem mantê-lo para si mesmos (…) Precisamos pegar a informação, independentemente de onde esteja, fazer nossas cópias e compartilhá-las com o mundo. Precisamos comprar bases de dados secretas e colocá-las na web. Precisamos baixar publicações científicas e colocá-las em redes de compartilhamento”, disse em seu manifesto, Guerilla Open Access, publicado em 2008 na internet.

Na última sexta feira (11), o jovem foi encontrado enforcado em seu apartamento, e o mundo ficou perplexo com a perda de uma mente tão brilhante e inquieta politicamente. Muitas de suas ações foram questionadas, o MIT (Massachussets Institute of Technology), por exemplo, abriu uma investigação em 2010 por download ilegal de 4,8 milhões de documentos de uma plataforma de internet chamada JSTOR, e o julgamento de Swartz ocorreria nas próximas semanas.

O grupo de hackers “Anonymous”, promoveu um ataque a duas páginas dentro do site do MIT, com uma homenagem ao jovem e pedidos para uma reforma de crime online nos Estados Unidos. Ainda acusaram a justiça do país, falando que o caso “Aaron Swartz foi um erro grotesco”.

Definitivamente uma grande perda para a humanidade.